IV FETEF - Programação

As Mesas Girantes

Cia. Espírita Laboro – Belo Horizonte

“Como quer que seja, as mesas girantes representarão sempre o ponto de partida da Doutrina Espírita.” (Allan Kardec)
Primeiro espetáculo produzido pela Companhia. Em cena uma trupe que relata as manifestações das mesas girantes, ocorridas no século XIX e que constituem como se refere Allan Kardec, no ponto de partida da Doutrina Espírita. A pesquisa no processo de elaboração demonstrou ter o assunto um grande número de particularidades e percebendo que seria impossível esgotá-lo em uma hora, o grupo optou por narrar os fatos verídicos ocorridos com a Família Fox, Isaac Post, Sra. Hayden, sendo inserido o drama fictício de Madame Gerard. A música cantada ao vivo vem embelezar as histórias narradas em composições dos próprios atores e outras já conhecidas dentro do movimento espírita. Uma mesa e duas cadeiras, esta é a estrutura cenográfica da montagem que busca encontrar no próprio texto o sentido e a motivação para as marcações cênicas e a valorização da performance dos atores. Com leveza e humor e espetáculo busca despertar o interesse sobre fatos que marcaram o início de uma nova fase para a humanidade: os desencarnados comunicando-se com os desencarnados. "Há espíritos?" Com a interrogação de Allan Kardec iniciamos a encenação. A resposta? Assista e verás.

Ficha Técnica:
Texto e Direção: Adriano Alves
Figurinos: Neuza Alves, Adriano Alves
Cenário: Felício Alves, Marcos Aurélio
Músicas: Cia. Espírita Laboro, Movimento Espírita
Elenco: Daniela Tonidandel, Clarice Wilken, Marcos Aurélio, Wadson Fernandes, Wellerson Fernandes